Estados Unidos vivem “dilema” ao taxar fertilizantes marroquinos

Tribunal de Comércio dos EUA considera apelar contra tarifas de fertilizantes marroquinos

Por |
Foto: divulgação/GlobalFert

Foto: divulgação/GlobalFert

04deJulhode2022ás16:11

Informações publicadas hoje (dia 4), pelo site Morocco World News, apontam que o Tribunal de Comércio Internacional dos EUA considera apelar contra as tarifas recentemente impostas aos fertilizantes feitos no Marrocos. 

Segundo o veículo, várias fontes afirmam um cenário de “dilema” nos Estados Unidos com relação a taxação de fertilizantes.

Para os apoiadores, o apelo potencial seria um corretivo à decisão da Comissão de Comércio Internacional dos EUA, em 2021, de elevar as taxas de importação de fertilizantes feitos no Marrocos.

O aumento ocorreu após um processo antitruste que o fabricante de fertilizantes dos EUA Mosaic moveu contra o Grupo OCP do Marrocos.

Na ocasião, a empresa norte-americana alegou que os preços dos fertilizantes marroquinos eram “injustamente competitivos”. 

Guerra mudou o cenário

Porém, as consequências da guerra na Ucrânia fazem com que à decisão da Comissão seja repensada, principalmente devido aos preços vertiginosos dos fertilizantes em todo o mundo.

Numerosos legisladores dos EUA apresentaram nas últimas semanas projetos de lei pedindo que a Comissão de Comércio Internacional dos EUA (ITC) reduza as taxas de importação de fertilizantes do Marrocos, entre outros países.

Eles alertam que as tarifas de importação ameaçam elevar ainda mais os preços dos alimentos no mercado interno.

Vale lembrar que, o conflito na Europa e a sanção da amônia fabricada na Rússia, provocou um aumento de 93% no custo dos fertilizantes nos EUA.

Cargando...