Governo anuncia R$ 40 milhões para novas tecnologias do agro

Quatro pesquisas terão foco em fertilizantes, solo, cana-de-açúcar e terroir do semiárido

Por
Governo anuncia R$ 40 milhões para novas tecnologias do agro
29deMarçode2022ás18:18

O Governo Federal, por meio Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), anunciou, ontem, R$ 40 milhões para o desenvolvimento de soluções tecnológicas no setor agropecuário

Quatro projetos serão desenvolvidos por universidades e centros de pesquisa especializados que atuam no setor. A contratação será feita MCTI, por meio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Tecnológico (FNDCT).

Um dos projetos tem como foco o desenvolvimento de novos fertilizantes e fontes de nutrientes para a agricultura. A Rede FertBrasil será executada pela Embrapa para a geração de tecnologias, processos e serviços que envolvem a cadeia. O projeto possui recursos de cerca de R$ 11 milhões para execução em 24 meses.

Outra pesquisa será voltada ao desenvolvimento e produção do fermento terroir do semiárido brasileiro para aplicação em produtos lácteos. O projeto será executado pelo Instituto Nacional do Semiárido (INSA), unidade de pesquisa do MCTI. Serão destinados R$ 6,6 milhões para o trabalho com prazo de execução de 36 meses.

A Universidade Federal de Goiás (UFG) atuará para criar tecnologias de avaliação genética aplicadas aos programas de melhoramento da cana-de-açúcar. Conduzida pela UFG, com a participação de outras universidades brasileiras, a pesquisa inclui o desenvolvimento de plataformas de fenotipagem em larga escala, variedades transgênicas da planta, caracterização molecular de bancos de germoplasma e uso de seleção genômica nos programas de melhoramento genético. O projeto contará com recursos de R$ 12 milhões com prazo de execução de 36 meses.

PronaSolos será executado pela Embrapa Solos para estabelecer uma rede de pesquisa, desenvolvimento e inovação para mapear os solos, indispensáveis para garantir a sustentabilidade agroambiental no Brasil. O projeto possui recursos de cerca de R$ 12 milhões com execução de 24 meses.

Cargando...