Copercana investe em classificadora a laser para amendoim

Cultura deve crescer até 20% no Brasil em 2022

Por |
Copercana investe em classificadora a laser para amendoim
06deAbrilde2022ás10:02

A Copercana investiu em mais uma máquina de última tecnologia para classificação de amendoim in natura. A cultura experimenta forte crescimento no país nas últimas safras e deve chegar a 1 milhão de toneladas neste ano.

O novo equipamento, chamado Helius, foi adquirido da empresa Tomra Food e é capaz de classificar até 10 toneladas de amendoim por hora. Antes da instalação da nova máquina, era necessário o dobro de mão de obra para uma capacidade de 6 toneladas por hora em seleção manual.

“As principais vantagens do maquinário são bastantes claras: um maior aumento de produtividade, garantia no aumento da qualidade do amendoim e a própria limpeza do mesmos”, diz a diretoria da Copercana.

Para João Medeiros, gerente comercial da Tomra Processed Food Brasil, a compra de mais um equipamento reforça a parceria com a Copercana, cliente da empresa há mais de 15 anos.

A Tomra tem operações em todos os continentes e mais de 12.800 unidades instaladas em todo o mundo para confeitaria, frutas, frutas secas, grãos e sementes, produtos de batata, proteínas, nozes e vegetais.

“O mercado de amendoim no Brasil está crescendo rapidamente, e muitos beneficiadores buscam alternativas para melhorar a qualidade e agregar valor, visando o exigente mercado europeu”, disse.

A Copercana, por exemplo, além de comercializar seus produtos no mercado interno, também exporta a 12 países.

Tecnologia

A máquina Helius possui tecnologia de detecção baseada em sensores a laser de alta precisão que identificam as características dos amendoins e removem aqueles com imperfeições, descolorações indesejadas, materiais estranhos e outros defeitos com 97% eficiência.

“Além disso, reduz muito a mão de obra na área de classificação da planta, aumentado a eficiência, qualidade e capacidade de processamento da indústria”, acrescenta Medeiros.

No caso da Copercana, a tecnologia permitiu reduzir de 3 para 1 o número de turnos de trabalho com a utlização de dois equipamentos Helius.

“Foi muito importante, pois conseguimos otimizar nosso processo graças à produtividade e qualidade de seleção do equipamento”, explica Augusto César Strini Paixão, diretor da cooperativa.

Amendoim

O mercado do amendoim tem registado crescimento acentuado nos últimos anos, batendo recordes ano após ano. Depois de mais de dois anos de pandemia, 2022 deve marcar mais um salto, de 15% a 20% superior à safra de 2021.

Segundo Cristiano Zanguetin Fantin, Presidente da Associação dos Beneficiadores e Exportadores de Amendoim do Estado de São Paulo (Abeaesp), a expectativa de volume para esta safra é 1 milhão de toneladas de amendoim in natura.

O Estado de São Paulo é responsável por 93% de todo o amendoim produzido no país e quase a totalidade das exportações do produto. 

Cargando...