Faesp cria manual “tira dúvidas” sobre Plano Safra 22/23

Objetivo é ajudar produtores rurais e facilitar acesso ao crédito disponibilizado pelo Governo

Por |
Crédito da imagem: divulgação Faesp.

Crédito da imagem: divulgação Faesp.

25deJulhode2022ás16:44

O departamento econômico da Federação da Agricultura do Estado de São Paulo (Faesp) preparou um manual que promete responder as principais dúvidas de produtores rurais quando o assunto é o novo Plano Safra 2022/2023. 

O relatório, disponível desde a última sexta (dia 22), traz um resumo do plano, lançado pelo Governo Federal, no último dia 29 de junho, com recursos programados de R$ 340,88 bilhões.

O número é 36% maior do que o safra anterior.

“Percebe-se que pequenos e médios produtores rurais foram mais favorecidos neste plano, que assegurou não somente maior alocação de recursos a esses grupos, mas também menor elevação das taxas de juros em comparação à agricultura empresarial”, diz parte do relatório.

Ainda segundo o documento, a inclusão de novos itens beneficiáveis nas operações de custeio, como despesas com a manutenção, restauração e recuperação das áreas de Reserva Legal (RL), inclusive controle de pragas e espécies invasoras, está entre as principais novidades.

Por outro lado, a elevação das taxas de juros, em função do aumento da taxa Selic, que, no geral ficou entre 1,5 a 4,0 pontos percentuais, é um dos pontos “negativos”, assim como, na avaliação da entidade, a “grande preocupação do setor com a falta de garantia de previsibilidade de execução do orçamento.”

Para a entidade, o Plano Safra 2022/2023 “trouxe várias mudanças positivas, mas é preciso aguardar pela sua efetiva execução.” 

Opções de crédito

Além de apresentar as “impressões” da entidade sobre o novo plano, o relatório se concentra em explicar as opções para o crédito rural, bem como prazos e destinações, nas áreas de custeio, comercialização e investimento, seguro rural e apoio à comercialização e preços mínimos (PGPM).

O documento contém, para cada programa de crédito disponível, um resumo com as condições de enquadramento, as taxas de juros aplicadas, os limites por beneficiário e as principais linhas disponíveis.

Além de percentuais de subvenção e os limites anuais definidos para o seguro rural, bem como as alíquotas do Proagro estabelecidas para cada produto contemplado pelo programa.

Com esse relatório, diz a Faesp, espera-se “consolidar as principais informações necessárias para acesso, pelo produtor rural, aos recursos disponibilizados no Plano Safra 2022/2023, possibilitando-lhe melhor compreensão e planejamento de suas ações e investimentos.”

O manual está disponível no site da entidade.

Cargando...