Rússia suspende exportação de nitrato de amônio

A medida entrou em vigor para atender aos agricultores domésticos; a previsão de término é abril

Por
Rússia suspende exportação de nitrato de amônio
03deFevereirode2022ás20:10

As exportações de nitrato de amônio da Rússia para o exterior foram interrompidas. “A partir de 2 de fevereiro, entra em vigor uma proibição de dois meses à exportação de nitrato de amônio”, segundo comunicado divulgado pelo governo do país. As informações são do site GlobalFert.

A decisão foi tomada para fornecer aos agricultores domésticos fertilizantes minerais para o trabalho de campo na primavera. A necessidade surgiu em várias regiões do país, em particular nos distritos federais do Norte do Cáucaso e do Sul.

“Essa é uma medida temporária, o volume restante pode ser exportado a partir de 2 de abril, quando as empresas russas receberão nitrato de amônio no volume necessário e a demanda por ele no mercado doméstico atingirá o pico”, afirmou o primeiro vice-primeiro-ministro, Andrey Belousov.

Cargando...