IAC quer aproximar startups e investidores para modernizar citricultura

Interação é a proposta da Expocitros Tech – Mapa Conecta, ação que integra a programação da 43ª Semana da Citricultura 2022

Por |
IAC quer aproximar startups e investidores para modernizar citricultura
25deMaiode2022ás16:38

Termina na próxima sexta (dia 27) o prazo de inscrição para startups nacionais interessadas em participar da primeira Expocitros Tech – Mapa Conecta. 

O evento é a principal novidade na programação da 43ª Semana da Citricultura 2022, que ocorre em conjunto com a 47ª Expocitros e o 53º Dia do Citricultor, entre os dias 6 e 9 de junho. 

Os projetos selecionados (por uma comissão da organização) serão posteriormente apresentados aos investidores privados parceiros. 

O objetivo é acelerar a implantação de novas tecnologias na produção de citros no Brasil.

Maior do País 

Maior evento do setor, a 43ª Semana de Citricultura reúne tradicionalmente um público em busca de inovações tecnológicas, pesquisas e resultados expressivos, e interessado em temas relevantes da citricultura do país. 

Ela é organizada pelo Centro de Citricultura Sylvio Moreira do Instituto Agronômico (IAC-APTA) e integra a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA).

 A Expocitros Tech MAPA Conecta é, na definição dos organizadores, uma ação que busca aproximar iniciativas inovadoras com investidores privados e criar oportunidade de negócio. 

 “Vamos juntar investidores e aceleradores do setor de inovação e proporcionar um ambiente ideal para networking, visibilidade e negócios”, explica o diretor do Centro de Citricultura do IAC, Dirceu de Mattos Júnior, 

 As startups pré-selecionadas terão espaço gratuito na área compartilhada no lounge da 47ª Expocitros e as três finalistas receberão prêmio em dinheiro.

 O mais que vem por aí?

Outro lançamento da 43ª Semana será a Vitrine Tecnológica de Variedades do Centro de Citricultura que reunirá todas as variedades de copas fornecidas aos produtores de citros pelo IAC.

“As copas exibidas são de materiais já registrados ou em processo de registro e irá permitir que os produtores possam, futuramente, avaliar, comparar e assim escolher quais delas ele irá levar para o campo”, diz Marinês Bastianel, pesquisadora do IAC

Também faz parte da programação quatro painéis de debate, com os temais: manejo sustentável, qualidade dos frutos, nutrição e fertilidade. 

No Estado de São Paulo, a citricultura representa uma produção anual 19,3 milhões de toneladas de frutos cítricos, equivalente a 48% do total de frutas produzidos no país.

Dados do IAC, calculam ainda que a cadeia de produção movimente US$ 14,5 bilhões anualmente, resultado da produção e consumo de frutos in natura, assim como a produção de suco (especialmente laranja), cuja exportação responde por 80% do mercado mundial.

 

Cargando...