Embrapa: livro apresenta insetos benéficos no cultivo de milho

Para Ivan Cruz, autor da obra, prioridade deve ser capacitação contínua dos agricultores em controle biológico

Por |
Embrapa: livro apresenta insetos benéficos no cultivo de milho
02deJunhode2022ás17:02

Intitulado “Controle biológico de pragas do milho: uma oportunidade para os agricultores”, o livro do pesquisador Ivan Cruz, da Embrapa Milho e Sorgo, está entre as novidades do catálogo da Embrapa, podendo ser baixado gratuitamente no site da entidade. 

O objetivo da publicação é, como diz o nome, demonstrar como a utilização de insetos pode ser benéfica na lavoura de milho.

Isso porque, de acordo com o autor, o controle biológico de pragas por meio de insumos biológicos ou bioinsumos cada vez mais consolida-se como importante ferramenta para uma agricultura mais produtiva.

No entanto, para Cruz, que é mestre e doutor em entomologia, manejo integrado de pragas e controle biológico, é preciso ponderar que, apesar da disponibilidade de produtos, não existe garantia do sucesso no controle de pragas.

“O sucesso poderá acontecer tão logo haja adequada capacitação e uso de novos processos agropecuários, associados a cada produto biológico”, orienta.

“Uma grande dificuldade em estabelecer um programa de controle biológico nas propriedades rurais é a falta de conhecimento que permita ao agricultor reconhecer e separar as pragas dos insetos benéficos”, explica o pesquisado.

Para ele, a saída é investir na capacitação desses agricultores e o conhecimento. “Mostrando-lhes que os insetos benéficos são aqueles que tanto se alimentam dos insetos-pragas como aqueles essenciais na produção agrícola, fazendo o trabalho de polinização, como as abelhas”,  completa. 

Capacitar é prioridade

A criação do Programa Nacional de Bionsumos, em 2020, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), ajudou a valorizar e a difundir as tecnologias com base no controle biológico de pragas, porém ainda é preciso que o conhecimento esteja acessível aos agricultores, na avaliação de Cruz.

 “É visível o número crescente de produtos biológicos no Brasil, já comercializados e em desenvolvimento por diferentes empresas”, conta o pesquisador para quem o foco agoraé atuar na sensibilização dos agricultores sobre os benefícios da prática.

“Publicações específicas que mostram, por meio de fotografias, de filmes e até mesmo cursos de treinamento, com boa carga horária, dentro da propriedade do agricultor, são estratégias que funcionam adequadamente para aumentar a consciência do produtor e de sua família sobre a importância da biodiversidade de insetos benéficos na sua rotina de trabalho”, complementa Cruz.

Cargando...