Câmbio: em correção, dólar cai na manhã desta quinta

Mercado ainda digere a ata do FED, que sinaliza preocupação com recessão global

Por |
07deJulhode2022ás11:11

O dólar abriu a sessão de hoje em queda de 0,31%, a R$ 5,4050 para venda, após expressiva alta de ontem.

O mercado ainda digere a ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), divulgada na tarde de ontem, que reforçou os temores globais de recessão, além do descontrole fiscal doméstico que segue no radar. Ainda assim, o movimento neste início de sessão é de correção.

De acordo com a economista-chefe do Banco Ourinvest, Fernanda Consorte, "a ata do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) veio em um tom mais hawkish (duro, propenso ao aumento dos juros), sinalizando forte preocupação com a inflação e reforçando ainda mais o temor por uma recessão global.

Consorte também entende que as questões fiscais locais, com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Bondade, ou PEC Kamikaze, aumentam os riscos para o Brasil.

"Hoje com a agenda vazia, fica espaço para termos algum ajuste no movimento de ontem", analisa Consorte. Por volta das 9h39 (horário de Brasília), o dólar comercial caía 0,31%, cotado a R$ 5,4050 para venda. No mercado futuro, o contrato da moeda norte-americana com vencimento em agosto de 2022 recuava 0,42%, cotado a R$ 5.440,00. 

Cargando...