Preço da soja volta a subir com alta do dólar e da demanda

Ainda assim, acumulado do mês registra leve baixa

Por |
Brasil é formador de preços no mercado global da commodity. (foto - Getty Image)

Brasil é formador de preços no mercado global da commodity. (foto - Getty Image)

19deJulhode2022ás10:34

O Cepea indica que o crescimento nas demandas doméstica e externa por farelo de soja incentivou indústrias nacionais a elevarem as aquisições de soja em grão nos últimos dias.

Assim, os preços da oleaginosa que começaram em queda – de R$ 196,51 para R$ 190,57 - entre segunda e quarta-feira da semana passada, começaram a se recuperar nos últimos dias. Ontem, dia 18, as cotações estavam em R$ 191,61, ainda assim, abaixo do preço no início de julho a R$ 194,02.

Pesquisadores do Cepea indicam que esse cenário acirrou a competitividade entre esses demandantes e importadores, os quais, por sua vez, foram atraídos pelo grão nacional, tendo em vista a valorização do dólar frente ao Real e a necessidade de completar cargas para embarque imediato.

No entanto, a alta do frete rodoviário limitou as vendas do grão para exportação, uma vez que esse contexto tornou as comercializações em mercados regionais mais remuneradoras aos vendedores.

Temas en esta nota

Cargando...