Consórcio de máquinas agrícolas dispara em 326,5% desde 2018

Total de consorciados chegou a 181 mil no segmento em maio deste ano

Por |
Número de contemplados cresceu 77,9%. (foto - Divulgação)

Número de contemplados cresceu 77,9%. (foto - Divulgação)

19deJulhode2022ás16:24

O número de novos consorciados para máquinas agrícolas saltou 326,5% no Brasil em uma comparação entre janeiro e maio de 2018 e o mesmo período de 2022, segundo a ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios).

O levantamento mostra que 31,9 mil pessoas entraram no modelo apenas nos cinco primeiros meses deste ano, contra 7,5 mil há quatro anos. No total, entre novos e ativos, 181,89 mil consorciados esperavam sua máquina agrícola em maio de 2022, 87,5% mais que há quatro anos.

Jorge Freire, CEO do BomConsórcio, afirma que o agronegócio é um importante pilar da economia brasileira e consolidou-se como uma das maiores participações do PIB, nas últimas quatro décadas.

Segundo Freire, o consórcio tem uma contribuição crescente para a expansão das atividades do setor em todo o país, seja por facilitar a aquisição de máquinas e implementos agrícolas, como tratores, plantadeiras e colheitadeiras, até mesmo drones e outros equipamentos para observação, segurança e geração de energia.

O sistema de consórcio mantém um processo de crescimento consistente no país, demonstrando uma alta em inúmeros segmentos, em especial no veicular, no setor de veículos pesados.

Segundo o levantamento da ABAC, a região Sudeste foi onde ocorreu o maior registro de adesões no segmento, com 39,1%. O Sul ficou em segundo lugar, com 25,1%; seguido do Centro-Oeste, com 15,9%; o Nordeste, com 11,5%; e o Norte, com 8,4%.

Consorciados

De forma complementar, a entrada de novos consorciados hoje é favorecida por contar com alternativas práticas em caso de desistência. “A operação montada pelo BomConsórcio em parceria com algumas das maiores administradoras de consórcios do país possibilita a recuperação do dinheiro pago em condições justas e sem burocracia em caso de mudança de planos”, acrescenta Jorge.

Ainda nos cinco primeiros meses de 2018 até 2022, os acumulados de contemplações, cujos créditos liberados foram potencialmente inseridos no agronegócio, estavam inicialmente em 4,52 mil (jan.-mai./2018) e alcançaram 8,04 mil (jan.-mai./2022), anotando alta de 77,9%.

Entre os participantes ativos, notou-se que o perfil de pessoas físicas domina com 59,5%, enquanto o de pessoas jurídicas somou 40,5%. Em pessoas físicas, apurou-se 11,1% na faixa etária de 18 a 30 anos; 42,7% de 31 a 45 anos; e 46,2% acima de 45 anos.

Cargando...