Preço do tomate recua 31% na parcial de julho

Queda ocorre na comparação com junho; calor aumentou a oferta

Por |
Custos com a produção de tomates, entretanto, têm alta de 2% até agora. Foto: CNA Brasil.

Custos com a produção de tomates, entretanto, têm alta de 2% até agora. Foto: CNA Brasil.

26deJulhode2022ás14:47

Assim como no mês passado, o preço do tomate segue em queda neste mês de julho. Na análise parcial da equipe Hortifruti Brasil, do Centro de EstudosAvaçados em Economia Aplicada (Cepea/USP), a média de valor do salada 2ª nas lavouras do País está em R$ 38,28 a caixa, ou 31,2% menos em relação ao mês anterior. 

Porém, apesar do valor, produtores registraram alta de 2% nos custos de produção até ontem (dia 25) na comparação com junho.

De acordo com especialistas, as temperaturas superiores às esperadas para o período estão contribuindo para o maior ritmo de maturação dos frutos.

Com isso, existe intensificação da colheita em algumas praças como São José de Ubá (RJ), Itaocara (RJ), Venda Nova do Imigrante (ES) e Araguari (MG), aumentando a oferta.

Boa notícia

Uma boa notícia é que o calor não impactou no calibre dos frutos nem comprometeu a qualidade. A falta de chuvas, por sua vez, está refletindo em maior incidência de pragas, como mosca minadora, traça e tripes, mas há um controle efetivo.

Em Sumaré (SP) e Paty do Alferes (RJ), produtores intensificaram o transplantio para a segunda parte da safra de inverno.

Cargando...