BNDES prorroga suspensão de novos créditos pelo Plano Safra

Desde agosto, diferentes linhas foram interrompidas, menos o Pronaf

Por
BNDES prorroga suspensão de novos créditos pelo Plano Safra
04deAbrilde2022ás14:58

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) prorrogou a suspensão para contratação de crédito rural por meio do Plano Safra 2021/2022.

A informação foi compartilhada por circular interna para os bancos. O bloqueio, que vigora desde 5 de fevereiro, durará ao menos até o dia 15 de abril. A decisão foi tomada pelo Tesouro Nacional por causa da falta de recursos para equalizar taxas de juros do crédito rural.

Com a alta da Selic definida pelo Copom, o Tesouro argumentou que há insuficiência de recursos para pagar a equalização das taxas nessas operações, já que aumentou a diferença entre a taxa básica atual e as cobradas de produtores.

Desta maneira, ficam travados novos pedidos de financiamento com recursos do BNDES, com exceção do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Outros bancos não precisam aceitar necessariamente, mas também podem desacelerar a concessão dos recursos.

Crédito rural

As suspensões em financiamentos pelo BNDES ocorrem desde agosto do ano passado em diferentes linhas incluídas no Plano Safra.

Na ocasião, a linha do Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA) e ainda o Programa de Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção Agropecuária (Prodecoop) tiveram a contratação de recursos suspensas pelo banco.

Cargando...