Equipamento visa indicar maciez e suculência da carne a consumidores

Tecnologia desenvolvida pela Embrapa e startup usa ressonância magnética

Por |
Equipamento visa indicar maciez e suculência da carne a consumidores
12deAbrilde2022ás13:30

A startup Fine Instrument Technology (FIT) e a Embrapa Instrumentação apresentaram, durante esta semana, na Anufood Brazil, um equipamento que usa ressonância magnética para medir e indicar as características da carne e outros alimentos.

Aprovado pelo Mapa (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento), o SpecFit permite a geração de informações precisas na análise da carne e de produtos processados e industrializados à base de proteína animal.

Além do teor de lipídeos, foram desenvolvidas análises adicionais como a medida do teor de proteína, umidade, teor de sólidos, entre outras. “A tecnologia também poderá fornecer informações, em um futuro breve, sobre suculência e até o grau de maciez de uma peça de carne adquirida pelo consumidor”, antecipa Silvia Azevedo, CEO da FIT.

O equipamento SpecFit é capaz de gerar as informações em 60 segundos, sem a destruição da amostra e sem gerar resíduos poluentes.

A RMN também tem sido utilizada para outras aplicações como a análise de sementes e grãos de oleaginosas, permite ao produtor seleções e tomadas de decisões corretivas.

Além disso, ele também pode fazer análises de alimentos industrializados, como azeites e óleos, maioneses, molhos e margarinas, em alguns casos, sem a necessidade de abrir a embalagem.

Indústrias

“Esta é uma tecnologia que está inserida em uma nova geração no campo das análises, alinhada à tendência da indústria 4.0”, avalia Daniel Consalter, diretor de tecnologia da FIT.

“Os resultados das análises por RMN-DT são rápidos, o processo industrial pode ser ajustado rapidamente, evitando perdas, aumentando a eficiência e, consequentemente, aumentado o lucro”, acrescenta o pesquisador da Embrapa, Luiz Alberto Colnago.

Segundo ele, essas análises podem ser facilmente automatizadas por robôs, e os resultados, carregados na nuvem e integrados com máquinas inteligentes para obter o rendimento máximo

“A aplicação RMN-DT pode abrir novas oportunidades para as agroindústrias, ajudando no controle automático dos processos e no controle e garantia da qualidade”, diz especialista.

Os próximos passos são validar métodos já testados em laboratório no SpecFIT, e que esses métodos com diversas aplicações em carne bovina sejam reconhecidos oficialmente pelo Mapa.

A Anufood Brazil, 3ª Feira Internacional para o Setor de Alimentos e Bebidas, será realizada de 12 a 14 de abril, em São Paulo. O SpecFIT poderá ser visto das 10h às 19h, no estande corporativo da Embrapa - que receberá tecnologias de nove centros de pesquisa da Empresa - no São Paulo Expo.

 

Cargando...