Setores de aves e suínos elevam produção e exportação pelo 3º ano seguido

Dados da ABPA mostram evolução em todos os indicadores na última década

Por |
Setores de aves e suínos elevam produção e exportação pelo 3º ano seguido
05deMaiode2022ás17:23

Os setores de aves e suínos completaram o terceiro ano de crescimento consecutivo tanto em produção como em exportações. 

A conclusão é possível a partir do relatório 2022 da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) divulgado hoje, que também traz dados sobre a produção de ovos, perus, patos e genética, além de dados sobre aspectos sociais e ambientais de todos estes segmentos.

Avicultura

A setor de aves produziu 14,3 milhões de toneladas e exportou 4,7 milhões de toneladas de carne de frango em 2021, além de chegar a R$ 108 bilhões de Valor Bruto da Produção (VBP), pela primeira vez acima de R$ 100 bilhões.

Foi o terceiro ano seguido, desde 2018, de crescimento tanto em produção, como exportações no setor de frango que já exporta para mais de 150 países.

Do volume total produzido em 2021, 32,17% foi embarcado para o exterior e 67,83% abasteceu a mesa do brasileiro, que consome em média 45,56 kg de frango por ano.

Os cinco maiores compradores da carne de frango brasileira foram China, Japão, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e África do Sul no ano passado.

Suinocultura

Já o setor de suínos, completou oito anos de crescimento contínuo em produção e o terceiro de aumento das exportações. No caso da produção, as granjas de suínos saíram de 3,4 milhões em 2013 para 4,7 milhões de toneladas em 2021, um salto de 38,2%.

Já as exportações de suínos chegaram a 1,13 milhão de toneladas em 2021 contra 646 mil em 2018, um aumento de 75%. Os principais destinos foram China, Hong Kong, Chile, Singapura e Vietnã, sendo que Asia somou mais de 75,1% das compras.

Já no mercado interno, que corresponde por 75,81% do consumo, experimenta o quinto ano seguido de crescimento no consumo per capita, que chegou a 16,9 kg em 2021.

Cargando...