Banco Central aprova auxílio contra crise na suinocultura

Medida amplia prazo para reembolso de crédito rural para até dois anos

Por |
Banco Central aprova auxílio contra crise na suinocultura
11deMaiode2022ás10:35

O Banco Central aprovou ontem, em reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN), a ampliação a até dois anos do prazo para reembolso de crédito rural de custeio a suinocultores independentes e cooperados.

A resolução prevê, no entanto, que as contratações devem ser feitas até 30 de dezembro de 2022 e estabelece um limite de crédito de até 20% dos limites previstos para o crédito de custeio para a atividade de suinocultura não explorada sob regime de integração.

A medida entra em vigor na data de sua publicação no DOU (Diário Oficial da União) e atende uma demanda do setor que enfrentou uma forte crise especialmente nos primeiros meses do ano.

Suinocultura em crise

A “tempestade perfeita” ocorreu pela soma de fatores como novas altas de custos de produção a partir de patamares já elevados devido ao conflito na Ucrânia e a queda nas exportações do produto, especialmente pela China, que aumentou a oferta no mercado interno.

Assim, entre fevereiro e março, o preço pago ao suinocultor pela carne suína estava abaixo do custo de produção do produto. Por isso, entidades do setor como a ABCS mobilizaram-se para pressionar o governo em busca de alternativas.

Em Santa Catarina, inclusive, a ACCS (Associação Catarinense de Criadores de Suínos) realizou um protesto com doação de carne suína à população no mês de março. Contudo, nas últimas semanas, o cenário para os criadores de suínos começou a melhorar com aumento dos valores pagos no mercado interno.

Cargando...