Putin avalia retomada de embarques de grãos da Ucrânia

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse para líderes de França e Alemanha que está disposto a ajudar com a "exportação sem impedimentos" nos portos do Mar Negro

Por |
Putin avalia retomada de embarques de grãos da Ucrânia
30deMaiode2022ás09:45

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou estar disposto a debater maneiras para que a Ucrânia retome os embarques de grãos dos portos do Mar Negro, suspensos por conta da guerra. 

A afirmação foi feita por telefone, no sábado (dia 28) aos líderes da França e da Alemanha. "A Rússia está pronta para ajudar a encontrar opções para a exportação de grãos sem impedimentos, incluindo a exportação de grãos ucranianos dos portos do Mar Negro", disse o Kremlin.

Juntos, dos dois países respondem por quase um terço da oferta global de trigo, enquanto a Rússia também é um importante exportador global de fertilizantes e a Ucrânia de milho e óleo de girassol.

Nos últimos dias, a Organização das Nações Unidas (ONU), que costumava comprar grandes quantidades de grãos da Ucrânia (mas foi forçada a parar, com o conflito), alertou que o mundo atingiu níveis recordes de insegurança alimentar e pediu a liberação dos portos.  

Exportação de fertilizantes 

O presidente russo, de acordo com o Kremlin, também informou ao presidente francês Emmanuel Macron e ao chanceler alemão Olaf Scholz que a Rússia está pronta para aumentar sua exportação de fertilizantes e produtos agrícolas, desde que as sanções contra o país sejam suspensas – o mesmo tom das conversas com os líderes italianos e austríacos nos últimos dias.

Crise alimentar 

A Ucrânia e os países ocidentais acusam a Rússia de armar a crise alimentar, criada com a guerra, e elevar os preços de grãos, óleos de cozinha, combustíveis e fertilizantes.

A Rússia, por sua vez, culpa a situação pelas sanções ocidentais contra ela e na mineração dos portos ucranianos.

Segundo o Kremlin, Putin também disse que a Rússia está disposta a retomar as negociações com a Ucrânia.

Cargando...