IPEA revê projeção de inflação para 2022 de 6,5% para 6,6%

Entidade também divulgou estimativa de crescimento para PIB: de 1,8%

Por |
IPEA revê projeção de inflação para 2022 de 6,5% para 6,6%
30deJunhode2022ás12:10

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou, ontem (29), que a previsão para a inflação brasileira em 2022 será um pouco maior do que a inicialmente prevista. 

Isso por que a variação prevista do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 6,5% para 6,6%, enquanto a do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) manteve-se em 6,3%.

Segundo o IPEA, no acumulado de 2022, até maio, a inflação brasileira medida atingiu 4,8%. Nos últimos 12 meses, a alta acumulada é de 11,7%.

Revisão para cima

A revisão para cima está relacionada com a alta dos alimentos no domicílio e dos bens livres, cujas previsões avançaram de 9,1% e 5,4% para 12,3% e 9,1%, respectivamente. A inflação estimada para os serviços livres também foi majorada, passando de 5,5% para 6,8%. Em contrapartida, a índice de preços monitorados recuou de 6,9% para 1,1%.

A boa notícia é que, de acordo com o Ipea, e apesar do atual cenário de inflação corrente elevada -  e pela perspectiva de que pontos de pressão inflacionária, como petróleo, bens industriais e serviços, ainda se mostrem resilientes à queda - o cenário projetado para os próximos meses vem se tornando mais favorável.

Além da expectativa de uma acomodação no preço das commodities agrícolas e da estimativa de melhora na projeção da safra brasileira em 2022, a implementação da Lei Complementar no 194/2022 (que limita a alíquota dos combustíveis) deve contribuir para uma alta bem menos acentuada dos preços administrados neste ano, segundo o órgão.

 Ipea prevê crescimento de 1,8% para o PIB em 2022 

O Ipea também divulgou hoje sua análise trimestral da economia brasileira, válida para abril, maio e junho, na qual a previsão de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2022 subiu de 1%, no primeiro tri, para 1,8% .

 

O destaque fica com o setor de serviços, com estimativa de alta de 2,8%, enquanto os setores de agropecuária e industrial apresentam estabilidade.

O Ipea diz ainda que o atual cenário apresenta boas perspectivas para o PIB no segundo trimestre de 2022, com projeção de crescimento de 0,6% no período, em termos dessazonalizados, em relação ao trimestre anterior, e de 2,3% sobre o mesmo trimestre do ano passado.

 

Cargando...