Brasil e Argentina unem forças para ampliar oferta mundial de alimentos

Acordo foi firmado nesta quinta (dia 30) em Buenos Aires com objetivo de garantir a segurança alimentar

Por |
Brasil e Argentina unem forças para ampliar oferta mundial de alimentos
01deJulhode2022ás10:03

Eterno rivais no futebol, Brasil e Argentina cada vez mais se consolidam aliados quando o assunto é o agronegócio. Exemplo mais recente ocorreu nesta quinta-feira (dia 30) quando representantes dos dois países estiveram reunidos em Buenos Aires justamente juntar forças no compromisso de ampliar a oferta mundial de alimentos.

 

No encontro, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Marcos Montes, e o ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca da Argentina, Julián Domínguez, reiteraram o compromisso dos dois países com a produção alimentar sustentável e com a contribuição com a segurança alimentar global.

Montes destacou durante o encontro que dois países são potencias do agro mundial e que combater a fome deve ser uma prioridade entre todas as nações, especialmente neste ano, com a Guerra.

Comunicado divulgado em conjunto após o encontro disse ser “preciso implementar uma abordagem abrangente, incluindo uma maior e melhor oferta de alimentos, bem como a garantia de que todas as pessoas tenham acesso físico, social e econômico aos alimentos”. 

O texto ainda falou sobre a importância de novas formas de fomento ao comércio agrícola mundial para que seja possível o desenvolvimento de todos os países.

“É essencial que a comunidade internacional empreenda um trabalho sério para reformar as regras que regem o comércio agrícola mundial, que ainda é dominado por fortes distorções (tarifas de importação elevadas, subsídios e medidas não-tarifárias sem base científica). Este tipo de medida afeta profundamente o desenvolvimento dos nossos países e corrói a segurança alimentar”

Nossas potencialidades

 “Aqui acertamos os detalhes para que juntos possamos mostrar ao mundo as nossas potencialidades”, disse o ministro Marcos Montes, em sintonia com o representante da Argentina.

“Estamos conscientes de que com nossa forma de produzir podemos garantir a segurança alimentar mundial”, completou Julián Domínguez

Os dois lados também aproveitaram o encontro para repassar temas da agenda comercial bilateral. 

Pelo Brasil, também estiveram presentes o secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, José Guilherme Leal, e o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim. 

 

Cargando...