Ceagesp tem lucro de R$ 15,13 milhões no primeiro trimestre

Número é 7 vezes superior ao de 2021, quando a receita líquida foi de R$ 1,93 milhão

Por |
Crédito de imagem: divulgação Ceagesp.

Crédito de imagem: divulgação Ceagesp.

07deJulhode2022ás10:10

O lucro da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceapesp) no primeiro trimestre de 2022 foi de R$ 15,31 milhões, de acordo com balanço divulgado nesta quinta (dia 7). 

O número é 638% superior ao do mesmo período do ano passado: quando a receita líquida fechou os três primeiros meses de 2021 em R$ 1,93 milhão.  

Segundo a Ceagesp, o aumento da arrecadação está entre os itens de maior peso para o bom desempenho: foram R$ 29,078 milhões no primeiro tri de 2022, com uma receita operacional bruta de R$ 40,5 milhões - frente aos R$ 38,773 milhões do trimestre anterior.

O balanço ainda aponta que os destaques do faturamento concentram-se na armazenagem (com R$ 1,43 milhão); na permissão remunerada de uso (R$ 1,195 milhão) e nas autorizações de uso (com receita de R$ 469 mil). 

“Esses resultados refletem a trajetória ascendente registrada desde o ano passado e também mostram uma maior eficiência no funcionamento da companhia”, disse a companhia, em nota enviada para a imprensa.

Em 2021, o lucro da Ceagesp R$ 27,38 milhões. O número também foi o primeiro superavit após quanto anos em prejuízo. Em 2020, por exemplo, o fechamento anual foi de -R$ 2,69 milhões; e em 2019, de -R$ 10,68 milhões.

Liquidação dos Investimentos 

A variação do grupo de receitas e despesas administrativas também teve papel importante nos resultados apresentados. O principal fator foi a liquidação dos investimentos na COSESP (Companhia de seguros do Estado de São Paulo), que gerou aumento na receita da alienação no valor de R$ 6,512 milhões.

A Ceagesp também registrou reduções importantes em Provisões de Crédito de Liquidação Duvidosa (PECLD) e processos de contingências. 

Desta forma, o lucro sem depreciações, amortizações, juros e tributos sobre o lucro (EBITDA) fechou em R$ 20,243 milhões, valor que ganha força se compararmos ao fato de que no mesmo período do ano passado foram registrados R$ 7,205 milhões.

O primeiro trimestre de 2022 também registrou os seguintes índices:  1,42 para liquidez corrente de 1,42 (frente a 0,68 no primeiro trimestre de 2021); 1,07 para liquidez geral de 1,07 (de 0,79 em 2021);  e 0,38 no grau de endividamento (que foi de 0,46 no ano passado).

Cargando...