Ministro destaca valor das cooperativas para o agro

Marcos Montes participou do lançamento do novo núcleo da Cooxupé

Por |
“O café é o símbolo do sucesso do agro”, ressaltou Marcos Montes. (Foto: Mapa)

“O café é o símbolo do sucesso do agro”, ressaltou Marcos Montes. (Foto: Mapa)

04deAgostode2022ás10:33

Durante a inauguração do novo núcleo da cooperativa Cooxupé, em Patrocínio (MG), ontem (dia 3), o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, destacou a importância do cooperativismo para os agricultores familiares. 

“Para se organizar, tem que ser através de cooperativas. São elas que irão dar a dignidade e a respeitabilidade aos pequenos produtores”, disse o ministro ao citar a Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé como exemplo de sucesso no Brasil.

“A Cooxupé é a representação da agricultura familiar organizada e tem um papel fundamental”, destacou Montes ao lembrar que o modelo já está presente em toda a Europa, no Sul do país e avança para outras regiões.

Com cerca de 17 mil cooperados, sendo 97% de pequenos produtores que vivem da agricultura familiar, a cooperativa recebe café produzido em mais de 300 municípios de sua área de ação e responde por 18% da safra nacional de café arábica. 

O novo núcleo conta com investimento de mais de R$ 30 milhões e está instalado em uma área total de 120 mil metros quadrados, sendo mais de 15 mil metros quadrados de construção.

O objetivo do espaço é ampliar benefícios aos cooperados locais e da região com a presença de loja. 

“Iniciamos as atividades em Patrocínio no ano de 2013, quando recebíamos 82 mil sacas de café. Hoje temos um recebimento de mais de 200 mil sacas e um crescimento de quase 60% dos números de cooperados”, destacou o presidente da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo. 

Protocolo de Intenções

Ainda durante o evento foi assinado o Protocolo de Intenções entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e a cooperativa Cooxupé.

Ele formaliza as intenções de cooperação do setor para garantir melhor atendimento aos produtores, através de prestação de serviços de armazenagem e execução de políticas públicas para o café, nas unidades armazenadoras da Conab. 

O Presidente da Conab, Guilherme Ribeiro, explicou que a Cooxupé ajudará a ampliar a capacidade de armazenagem. “Para que possamos estar presentes junto aos cooperados, melhorando a logística de distribuição. Enfim, fazer com que essa cooperação seja cada vez mais virtuosa”. 

O Brasil é o maior produtor e exportador de café, com 53,4 milhões de sacas, e segundo maior consumidor da bebida no mundo. O estado de Minas Gerais lidera o ranking da produção nacional do grão, com 68% da produção do país. 

Somente em junho, o setor cafeeiro brasileiro exportou US$ 788,74 milhões, um alta de 73,6% na comparação com o mesmo mês em 2021.

“O café é o símbolo do sucesso do agro, não apenas por ser uma commodity e pelas grandes empresas, mas pela organização do setor”, ressaltou Marcos Montes.

Cargando...