CTNBio aprova uso comercial de milho resistente a lagarta

Batizado EH913, evento desenvolvido pela Embrapa e a Helix tem alta eficácia contra larvas da lagarta-do-catucho

Por |
CTNBio aprova uso comercial de milho resistente a lagarta
07deJunhode2022ás11:59

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou, por unanimidade, o uso comercial do milho geneticamente modificado resistente a insetos, denominado EH913.

A nova tecnologia, desenvolvida em parceria pela Embrapa Milho e Sorgo e a Helix (empresa do grupo Agroceres), mostrou em ensaios de campo alta eficácia contra larvas da lagarta-do-cartucho, mesmo quando diluído 25 vezes em dieta artificial.

A aprovação do evento EH913 - cuja o início da comercialização ainda não foi definido - ocorreu no último dia 2, durante a 252ª reunião ordinária da CTNBio. 

Para o presidente da comissão, Paulo Barroso, trata-se de um grande marco para a ciência brasileira.  “O desenvolvimento, assim como todo o processo de avaliação de segurança, foram completamente realizados no País. E é um marco para a ciência brasileira, que já tinha produzido organismos geneticamente modificados de soja, feijão, eucalipto e agora um de milho", disse.

 

Milho bt

Proveniente de um gene específico da bactéria Bacillus thuringiensis (Bt), o evento EH913 apresenta elevada eficácia contra pragas lepidópteras, em especial a Spodoptera frugiperda (da lagarta-do-cartucho, que é considerada a principal praga da cultura do milho), e a Diatraea saccharalis (conhecida como broca-da-cana).

De acordo com a Embrapa e a Helix, em todos os ensaios de campo realizados, o evento EH913 apresentou performance surpreendente, comparável a melhor tecnologia Bt disponível atualmente no mercado.

Além disso, o milho com o evento EH913 também foi eficaz contra populações de Spodoptera frugiperda – em geral, resistentes às proteínas Bt presentes no mercado -, indicando a ausência de resistência cruzada com tais tecnologias.

A liberação para uso comercial coloca, segundo presentantes das empresas envolvidas no evento,  o Brasil em destaque no seleto grupo de países com capacidade de fornecer tecnologia Bt.

“Neste momento, a aprovação do evento EH913 para uso comercial no Brasil coloca o País e os parceiros em rota de alta contribuição no interesse do agricultor e promoção do desenvolvimento da agricultura brasileira”, disse Frederico Ozanan Machado Durães, chefe-geral da Embrapa Milho e Sorgo.

Cargando...