Exportações de ovos crescem 33,5% em maio

Setor teve o melhor desempenho de início de ano desde 2016

Por |
Exportações de ovos crescem 33,5% em maio
21deJunhode2022ás08:32

As exportações de ovos in natura e processados aumentaram 33,5% em maio, na comparação com o mesmo mês de 2021, segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), divulgados ontem (dia 20). 

Ao todo, foram exportadas 628 toneladas no mês passado, contra 470 toneladas em maio de 2021.

Em receita, de acordo com a ABPA, o crescimento foi 138,6% frente ao ano passado, chegando a US$ 1,9 milhão em maio deste ano, contra US$ 797 mil de 2021. 

Já no acumulado entre janeiro e maio deste ano, o Brasil exportou 6.188 toneladas de ovos, número 21,1% maior que as 5.108 toneladas exportadas nos cinco primeiros meses de 2021.

Em receita, os valores são 59,3% maiores, batendo US$ 11,1 milhões em 2022, contra US$ 7 milhões em 2021.

Últimos sete anos

Segundo a ABPA, o desempenho dos cinco primeiros meses do ano é o maior desde 2016.

Ontem, o presidente da ABPA, Ricardo Santin, publicou um vídeo na página da entidade, na qual analisa os números e comemora crescimento da exportações.

“São números que surgem em um momento importante para os produtores que, nos últimos dois anos, passam por muitas dificuldades, especialmente diante dos aumentos nos custos, com milho e farelo de soja registrando altas históricas nos preços”, avalia Santin.

Para ele, as exportações – especialmente para países do Oriente Médio, que lideram os destinos –são “uma alternativa” ao quadro desafiador enfrentando pelo setor.

Cargando...