Preço do trigo encontra “platô” a R$ 2,2 mil por tonelada nesta safra

Cereal acumulou uma alta superior a 30% desde o início do ano

Por |
Colheita de trigo no Rio Grande do Sul. (foto - Getty Image)

Colheita de trigo no Rio Grande do Sul. (foto - Getty Image)

12deJulhode2022ás15:00

As cotações do trigo no Brasil subiram um pouco na semana passada, mas parecem ter alcançado um platô desde que saltaram de R$ 1.651,66 em janeiro para a faixa de R$ 2.200 na primeira quinzena do mês passado.

O preço por tonelada do cereal fechou em R$ 2166,19 ontem após oscilar acima dos R$ 2.200 na semana anterior, apesar do avanço de preços no mercado internacional.

Os valores externos do trigo avançaram influenciados pela piora das condições das lavouras argentinas, por preocupações relacionadas à oferta mundial e por correções das quedas expressivas em semanas anteriores.

Já no Brasil, as cotações apresentaram leves variações na semana passada nas regiões levantadas pelo Cepea. Em algumas praças, os valores foram pressionados pela desvalorização do dólar frente ao Real.

Safra recorde

 

No campo, a Conab reajustou positivamente as estimativas de área e de produtividade e, consequentemente, da produção da temporada deste ano do Brasil (safra 2022/23, que deve ser iniciada oficialmente em agosto/22).

A colheita está prevista para atingir recorde de 9,03 milhões de toneladas, alta de 17,6% em comparação à temporada anterior (2021/22). A produtividade deve crescer 10,3% frente a 2021/22, indo para 3,092 toneladas/hectare. A área com o cereal deve aumentar 6,6%, somando 2,92 milhões de hectares.

 

Temas en esta nota

Cargando...