Cotação do trigo quebra barreira dos R$ 2 mil pela primeira vez

Máximas históricas, tanto reais como nominais, ocorrem ainda com previsão de safra recorde

Por |
Cotação do trigo quebra barreira dos R$ 2 mil pela primeira vez
17deMaiode2022ás15:22

As cotações do trigo operam em suas máximas históricas, apesar do recorde de safra do cereal previsto para este ano no Brasil.

O levantamento do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) mostra que o valor médio do trigo nesta parcial de maio atingiu, inclusive, recorde real em algumas praças.

Em Santa Catarina e em São Paulo, as médias mensais são as maiores desde 2013 em termos reais. No Rio Grande do Sul, o valor médio do tripo aproximou-se de R$ 2 mil por tonelada.

Já no Paraná, as cotações do trigo quebraram esta barreira e bateram R$ 2.032,21 na última segunda-feira (dia 16).

Ressalta-se que, em termos nominais, os preços operam nas máximas em praticamente todas as praças acompanhadas pelo Cepea, considerando-se as séries de preços iniciadas em 2004.

Pesquisadores do Cepea indicam que o impulso vem das altas nos preços externos, dos baixos volume de trigo da última safra ainda disponível no spot e da menor oferta argentina.

Cargando...