Balança comercial tem superávit de US$ 5,44 bilhões em julho, diz Secex

Alta nas exportações da agropecuária foi de 40,2%, enquanto importações cresceram 8,9%

Por |
Brasil registrou aumento de 201,7% na exportação de milho em julho. (Foto: CNA Brasil)

Brasil registrou aumento de 201,7% na exportação de milho em julho. (Foto: CNA Brasil)

01deAgostode2022ás16:42

balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 5,44 bilhões em julho, de acordo com dados parciais do mês, divulgados nesta segunda-feira (dia 1), pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. 

O valor foi alcançado com exportações de US$ 29,954 bilhões e importações de US$ 24,510 bilhões. No acumulado do ano, o saldo é positivo em US$ 39,750 bilhões.

Já na comparação com julho de 2021, as exportações cresceram 23,0% enquanto as importações cresceram 41,6%.

A Secex divulga na próxima segunda (dia 8) balanço final de julho.  

Desempenho do Agro

Em julho, as exportações da agropecuária cresceram  40,2%, somando US$ 6,72 bilhões.

A alta teve influência direta das vendas do milho, com um acréscimo de 201,7% (não moído e exceto milho doce), do café não torrado (+84,4%) e da soja (+23,8%).

Já as exportações de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada aumentaram em 27,4%, enquanto as de açúcares e melaços tiveram alta de 44,6%.

Por sua vez, registraram queda nas vendas: produtos hortícolas, frescos ou refrigerados (-69,2%) e algodão em bruto (-50,6%).

No acumulado entre janeiro e julho de 2022, na comparação com o mesmo período de 2021, as exportações do agro cresceram de 29,5%, somando US$ 47,04. 

Importações

As importações da agropecuária também fecharam julho em alta, de 8,9%, e somaram US$ 0,48 bilhões.

Contribuíram para o resultado as compras: de trigo e centeio, não moídos ( 50,1%), milho não moído, exceto milho doce ( 80,1%) e frutas e nozes não oleaginosas, frescas ou secas ( 25,4%).

O Brasil também registrou crescimento na importação de fertilizantes brutos, de 139,3%; e de adubos ou fertilizantes químicos (exceto fertilizantes brutos), de 170,1%.

No acumulado Janeiro/Julho 2022, quando comparado com o mesmo período do ano anterior, os resultados mostram crescimento de 11,2% em agropecuária, que somou US$ 3,30 bilhões.

 

Cargando...