Azeite de oliva apreendido pelo Mapa vira biocombustível

Lote foi considerado impróprio para consumo após ação de fiscalização no Paraná

Por |
Hospital Pequeno Cotolengo irá transformar material em biocombustível. Crédito da imagem: Mapa.

Hospital Pequeno Cotolengo irá transformar material em biocombustível. Crédito da imagem: Mapa.

18deJulhode2022ás12:09

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informou, nesta segunda-feira (dia 18), ter doado cerca de 2,1 mil litros de azeite de oliva para o Hospital Pequeno Cotolengo, de Curitiba (PR), que irá transformar o material em biodiesel.

Análises do Laboratório Federal de Defesa Agropecuária do Rio Grande do Sul indicaram a presença de outros vegetais na composição do lote, considerando-o impróprio para alimentação humana.

Os produtos foram apreendidos em dezembro do ano passado, após ação de fiscalização em distribuidores do Paraná.

Ainda de acordo com o Mapa, a mistura com outros vegetais é uma das fraudes mais comuns na comercialização do azeite de oliva.

Operação estratégica

A operação de fiscalização retirou 4,2 mil frascos de 500 ml de azeite falsificado das prateleiras dos supermercados, atacadistas e distribuidores localizados no estado do Paraná.

“Além da apreensão, a empresa responsável foi autuada em processo administrativo, com imposição de multa. O processo também será encaminhado ao Ministério Público para demais apurações”, explica José Roberto Viccino, auditor fiscal federal agropecuário,  do  SIPOV - SFA/PR, responsável pela fiscalização.

Ele explica que é estratégico do Mapa intensificar a fiscalização do produto, justamente pela alta incidência de fraudes, e razão pela qual o órgão realiza regularmente operações em supermercados e distribuidores. 

Fraude é comum

Atualmente, segundo o Mapa, o azeite de oliva é o segundo produto alimentar mais fraudado do mundo, atrás apenas do pescado.

A fraude mais comum é a mistura de óleo de soja com corantes e aromatizantes artificiais. Também são encontrados casos de azeite de oliva refinado vendido como azeite extra virgem.

Por este motivo, deve ser destinado a outro fim, principalmente para usos industriais, como a fabricação de biodiesel.  

Todas as etapas de destinação do produto doado são acompanhadas pelo Mapa.

 

Cargando...